etresse

6 sinais de estresse que você não deve ignorar

Você sabia que o Brasil é o segundo país mais estressado do mundo? De acordo com pesquisas recentes, nove em cada dez brasileiros inseridos no mercado de trabalho manifestam sintomas de ansiedade, depressão ou estresse em graus variados, do mais leve ao incapacitante.

Em nosso país, distúrbios psíquicos e emocionais estão entre as principais causas de afastamento do serviço, e tais problemas não se limitam à carreira. Além de gerar impactos negativos para o lado profissional, transtornos mentais podem abalar a vida afetiva, acadêmica e social também.

Fatores como a rotina agitada, a falta de tempo e pressões cotidianas típicas da modernidade tendem a aumentar o nível de estresse, que se tornou algo comum e corriqueiro nos dias atuais. Há quem esteja estressado e ainda não se deu conta da própria condição. 

O estresse pode desencadear sintomas em várias partes do corpo e, mesmo assim, muitas vezes, ele passa despercebido. Leia este post e descubra os 6 sinais de estresse que ninguém deve ignorar.

Conheça os principais sinais do estresse

1. No comportamento

Pessoas estressadas são mais propensas a apresentarem alterações repentinas de humor, irritabilidade, agressividade, agitação, tristeza, nervosismo e falta de paciência. Logo, fique atento se você começar a ter mudanças bruscas de atitude de uma hora para outra e se as suas reações diante dos problemas cotidianos se tornarem desproporcionais.

2. Na pele

Isso mesmo! O estresse pode dar sinais por meio da pele. Quem tem a condição aguda pode ter problemas de acne em decorrência de oscilações hormonais. 

Vale destacar que sentimentos, como ansiedade, raiva e frustração — tão comuns em quadros de estresse — podem aumentar a coceira, sensibilidade e vermelhidão da cútis em pessoas que sofrem com dermatite.

3. Nas articulações e músculos

Geralmente, os indivíduos estressados sentem muitas dores localizadas, por exemplo, no pescoço e nos ombros. A tensão muscular também é comum nessa condição. Não raro, pessoas estressadas percebem que seus músculos estão enrijecidos. Esse sintoma pode ser amenizado por meio de massagem, descanso, exercícios físicos e técnicas de relaxamento

4. No coração

O estresse é algo grave, que precisa ser adequadamente tratado. Só para ter ideia, essa condição psíquica pode acelerar exageradamente os batimentos cardíacos e a taquicardia, além de ser capaz de aumentar o risco de infarto e mal súbito. Logo, tome cuidado!

5. No estômago

Outro sinal comum da condição é a ocorrência de distúrbios digestivos. Indivíduos com alto nível de estresse apresentam maiores chances de sofrer com indigestão, gastrite, úlceras e dores abdominais.

6. Sinais em outras áreas do corpo

Além do que já foi mencionado, o estresse não tratado pode provocar dor de cabeça, alterações no sono, diminuição da libido, redução ou aumento do apetite, déficit de memória, fadiga, baixa concentração, falta de disposição, perda ou ganho de peso. 

Ao notar um ou mais sintomas de estresse, procure ajuda psiquiátrica o quanto antes. Como vimos, trata-se de um distúrbio sério, que precisa ser cuidado adequadamente, a fim de controlar suas manifestações e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Quer saber mais? Clique no banner e saiba mais sobre Psiquiatria. 

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp